Telefones Atendimento 24 Horas (11) 4266-0513 Telefones Atendimento 24 Horas (11) 4249-0224 whatsapp (11) 94858-5065 whatsapp (11) 94797-6909 Chamar pelo WhatsApp

Afinal, o alcoolismo é um problema social ou familiar?

Data: 31/01/2017 Categoria: Saúde / Voltar

Afinal, o alcoolismo é um problema social ou familiar?

O alcoolismo é um problema sério, que atinge milhares de famílias em todos os lugares do mundo. Algumas pessoas acreditam que o vício em bebidas alcoólicas não é tão grave quanto o vício em drogas, mas em muitos casos, o problema pode ser ainda maior.

O que torno o álcool tão ou até mais grave que outras drogas, é o fato de o seu consumo ser de fácil acesso a todos, ou seja, a maioria das pessoas inicia o consumo de bebidas alcoólicas cedo e acaba não tendo o controle futuramente.

Quando pensamos que o alcoolismo é um problema familiar, não estamos errados, mas será que isso também não é um problema social? E a resposta é sim, o alcoolismo é um problema que atinge não somente a família, quanto toda a sociedade.

O consumo de bebidas alcoólicas pode trazer diversos problemas de saúde, como todos nós sabemos, mas, além disso, ele também pode trazer muitos problemas para a pessoa conviver e sociedade. Em muitos casos, a pessoa viciada em álcool pode se tornar agressiva ou então pode se afastar das pessoas ao seu redor para que o consumo não seja interferido.

O alcoolismo e as suas consequências

Qualquer tipo de vício traz consequências, já que a pessoa passa a não ter um total controle do que ela quer e deseja fazer. O vício se torna o ditador da sua vida, em diversos aspectos.

Quando uma pessoa tem problemas com o consumo de álcool, a sua vida social e familiar passa a ser atingida. Isso acontece muitas vezes sem que a pessoa se dê conta, já que a sua principal preocupação é com o seu vício. O fato de o consumo de álcool ser legalizado também não ajuda muito, já que as pessoas conseguem ter acesso facilmente.

Para poder combater esse problema, é necessário que haja um trabalho em conjunto de todas as partes. O ideal é que ocorram campanhas de conscientização para que dessa forma, o número de pessoas que consumam álcool reduza e menos pessoas inicie o vício. Mas, além disso, é importante que cada pessoa se conscientize dos riscos e dos problemas que o consumo de álcool pode trazer para a sua vida, evitando ao máximo a aproximação com essas bebidas.

O tão conhecido “bebo socialmente” deve ser analisado, pois caso isso ocorra com uma frequência grande, o problema já pode estar presente.

*Nome:
*E-mail:
Telefone:

Mensagem