Clínica de Dependência Química em Santa Catarina


Clínica de Dependência Química em Santa Catarina

A clínica de dependência química em Santa Catarina é um dos espaços mais indicados para tratar da dependência química. Assim como em toda doença é necessário a intervenção médica, a dependência química como doença também precisa ser tratada. É fundamental que tanto o dependente químico quanto a família busquem por informações precisas acerca da existência de clínicas de reabilitação. E é para isso que o artigo foi criado.

Surgem muitas dúvidas na família quando esta precisa escolher um local de tratamento para um familiar dependente químico. Questões como tipo de tratamento e  equipe médica são as mais observadas. O medo do familiar sofrer violência, tortura psicológica, traumas, também fazem com que muitas famílias retardem a procura por ajuda. Por essa razão se faz necessário pesquisar bem sobre as clínicas e aqui vai uma delas.

Funcionamento da clínica

A clínica de dependência química em Santa Catarina tem praticamente o mesmo funcionamento que outras clínicas. O foco principal está na reabilitação biopsicossocial do sujeito. Assim como em outras clínicas, a de Santa Catarina também pressupõe o cuidado integral do dependente químico. Para isso, a clínica dispõe de uma equipe multiprofissional, especializada e comprometida com a reestruturação do sujeito.

A clínica de dependência química em Santa Catarina é caracterizada por tratar a dependência química por álcool e outras drogas. Sendo assim, ela recebe tanto adolescentes quando adultos que precisam vencer o vício. Um aspecto importante da clínica é que dentro de suas terapêuticas, a relação do indivíduo com as drogas é abordada. Comumente, quem faz esse tipo de intervenção é o psicólogo.

Tipos de internação clínica

A clínica de dependência química em Santa Catarina trabalha com internações além de outras atividades. Cada tipo de internação para a dependência química tem seu grau de importância, mas também suas problemáticas. Essas problemáticas serão observadas a partir de cada caso. Em relação as internações, por exemplo, existem dois tipos. Internação voluntária e internação involuntária.

A internação voluntária é definida quando o sujeito aceita a internação. O que facilita a adesão a todo o tratamento. Mas na internação involuntária o indivíduo não aceita ser internado. Geralmente é solicitado essa modalidade quando o indivíduo perde a autonomia de suas próprias ações. Quando não tem consciência do que está acontecendo. Nesses casos, a adesão ao tratamento é muito mais dificultada. O vínculo com os profissionais também é prejudicado.

Outros tratamentos

A clínica de dependência química em Santa Catarina conta com internações e com outros tipos de tratamento. A clínica entende que são necessários outras modalidades de cuidado para tratamento além das internações. A equipe multiprofissional é quem ajuda a elaborar essas outras terapêuticas. Com o foco na reabilitação biopsicossocial do dependente, modalidades diversas são pensadas para atingir o objetivo.

Assim, a clínica de dependência química em Santa Catarina conta com as seguintes intervenções:

  • Terapia Cognitivo Comportamental;
  • Técnica de Redução de Estresse;
  • Laborterapia;
  • Cromoterapia;
  • Programa de Prevenção à Recaída;
  • Encontro de sentimentos;
  • Método dos 12 passos;
  • Encontros de espiritualidade;
  • Atendimentos psicológico;
  • Atendimentos psiquiátrico;
  • Programas de apoio à família

Tratamento com as famílias

A clínica de dependência química em Santa Catarina postula que o papel da família é imprescindível no tratamento do dependente químico. O indivíduo precisa do apoio, inventivo e motivação da família para poder continuar com o procedimento médico. Essa presença se faz ainda mais importante quando o dependente sente que pode haver recaídas. A família, então, precisa entrar em ação, através do acolhimento e compreensão.

Mas a clínica de dependência química em Santa Catarina também entende que a família precisa de cuidados. Afinal, muitos familiares se sentem sobrecarregados com a situação do dependente. Há familiares que precisam arcar com todos os custos financeiros do tratamento e ainda oferecer apoio emocional ao dependente. E há ainda famílias que, por não saber como lidar com o dependente acabam não se implicando no tratamento.

Pensando no cuidado necessário às famílias é que o programa de suporte a família foi elaborado. No programa é oferecido apoio de atendimento psicológico. Através da escuta compreensiva do psicólogo, os familiares se sentem acolhidos e fortalecidos para continuarem na luta. Com viés educativo, o psicólogo também trabalha as maneiras de expressar afeto ao dependente e modos de comunicação com ele.

Entramos em contato

Blog

Clínica de Dependência Química em Santa Catarina

Clínica de Dependência Química em Santa Catarina

A clínica de dependência química em Santa Catarina é um dos espaços mais indicados para tratar da dependência química.

Como Sair da Dependência Química

Como Sair da Dependência Química

Como sair da dependência química ? Essa é a pergunta que mais angústia o dependente químico.

Álcool e drogas no Carnaval

Álcool e drogas no Carnaval

O consumo de álcool e drogas no Carnaval realmente é uma prática comum, principalmente entre as pessoas que buscam formas de ficarem ainda mais des

O que leva os jovens a experimentar drogas?

O que leva os jovens a experimentar drogas?

De fato, há muitos motivos capazes de levar os jovens a experimentar drogas, sendo que entre as mesmas estão o álcool e os demais tipos de drogas e

Aceitamos diversos planos de saúde consulte
Planos de saúde
Podemos Ajudar?